Dia #33

Maio 31, 2010

Afinal sabe mesmo bem. Sozinha no carro, regresso à rádio que me acompanhou há uns anos atrás, quando a conseguia sintonizar no quarto de manhã. Parece lembrar-se de mim e, para me receber bem de volta, presenteia-me com Aquela voz. Aumento o som, tinha saudades de o ouvir e nada melhor para conseguir ignorar o trânsito demasiado lento do centro de Lisboa.

Feel no shame for what you are

De cotovelo apoiado junto à janela, recostada no banco, canto o que ainda recordo da letra, ainda tenho muito disto dentro de mim. A janela entreaberta não deverá passar muito da minha voz, espero. Não importa.

Stand absolved behind your electric chair

dancing

O momento é meu. Só. Sabe bem.

Comigo: New Year’s Prayer – Jeff Buckley

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: